nadal

O Rei do saibro no país do futebol. A 1a entrevista coletiva de Rafael Nadal no Rio de Janeiro, foi para falar um pouco de tudo: de tênis, futebol, ídolos e Jogos Olímpicos.
Pela primeira vez no Rio de Janeiro, o número 1 do mundo, o espanhol Rafael Nadal está motivado para disputar o Rio Open apresentado pela Claro hdtv. Esta será a primeira aparição do tenista depois da final do Australian Open, quando perdeu o título sentindo uma lesão nas costas. Nadal tem como maior objetivo chegar bem na estreia do maior torneio da América do Sul, que inicia neste sábado no Jockey Club Brasileiro e segue até o domingo,23.

“Depois da Austrália, fiquei quase 15 dias sem tocar a raquete, treinei um pouco na Espanha e tenho uns quantos dias para treinar aqui, de hoje a segunda-feira, e vou tentar me preparar bem para a estréia. Está muito em cima, mas tenho que fazer um esforço para chegar competitivo na 1a partida, este é meu objetivo. Jogar em um bom nível, e depois vemos o que ocorre. Estou realmente motivado, gosto de jogar no Brasil, sempre tenho boas vibrações aqui e no Rio não deve ser diferente. Espero que o problema das costas tenha sido pontual e esteja superado”, falou Nadal.

O espanhol considerado o Rei do Saibro, com 13 títulos de Grand Slam na carreira, também quer conhecer o Rio de Janeiro e um de seus desejos é visitar o Maracanã em dia de jogo. Fã do Barcelona, mencionou Ronaldo Fenômeno como um dos grandes nomes do esporte mundial.
“Creio que domingo terei oportunidade de conhecer o Maracanã, em uma partida especial. Estou muito contente de poder ir até lá. Sempre tive uma predileção pelo Ronaldo, desde que jogou no Barcelona há muitos anos. Conheço-o como jogador e como pessoa e é um exemplo de superação, um exemplo a ser seguido”, disse.

Nadal falou a mesma coisa de Gustavo Kuerten, o Guga, com quem jogou em 2002 no ATP de Mallorca, quando o espanhol ainda era um juvenil, e com quem vai se encontrar no Rio Open apresentado pela Claro hdtv nesta semana.
“Para mim foi uma experiência bonita que nunca vou esquecer. Guga é uma grande referência para o tênis mundial e especialmente para o brasileiro. Para os jovens verem que se ele conseguiu, outros podem conseguir. E o Brasil, com todos estes eventos esportivos sendo organizados aqui deve ter um grande crescimento no esporte”.

O espanhol salientou também que, se estiver em condições competitivas, gostaria muito de jogar a Olimpíada de 2016.
” Ainda faltam dois anos e meio, mas se estiver competitivo gostaria de jogar, especialmente por ter perdido os jogos de Londres, gostaria muito de vir para os Jogos Olímpicos do Rio”, completou

Nadal ainda ressaltou a importância de um torneio deste porte na América Latina. “O tênis tem que ir para lugares onde as pessoas amam o esporte. A América do Sul tem uma grande paixão pelo tênis e é importante ter estes torneios aqui. É bom ver que os torneios estão crescendo cada vez mais na América Latina.”

Rafael Nadal só estréia na próxima semana na chave principal do ATP 500 que distribui US$1,309,707 milhão em prêmios e contará com a presença de outro top 5, David Ferrer, além dos brasileiros Thomaz Bellucci, João Olavo Souza e Guilherme Clezar.

A competição, única no continente a reunir no mesmo local um torneio masculino e um feminino ( um WTA Internacional com premiação de US$ 250 mil) começa com o qualifying neste final de semana (15 e 16/02) com entradagratuita para o público.
Andre Ghem, Wilson Leite e Marcelo Zormann buscam uma das quatro vagas na chave principal masculina, que inicia na segunda, dia 17 de fevereiro.

A chave principal feminina que já conta com Teliana Pereira, Paula Gonçalves e Bia Haddad Maia, pode ter este número ampliado com as participações no classificatório, de Gabriela Cé e Luisa Stefani. As duas lutam por uma das seis vagas disponíveis.

Sorteio das chaves no Shopping Leblon com brasileiros Thomaz Bellucci e Teliana Pereira

Maior torneio de tênis da América do Sul, o Rio Open apresentado pela Claro hdtv fechou uma parceria com o Shopping Leblon, um dos mais charmosos da cidade, e o sorteio das chaves que definirá os confrontos da competição, tanto da ATP, quanto da WTA, será realizado lá, com a participação do público.
O sorteio acontecerá amanhã, 15 de fevereiro, a partir das 18h, no primeiro piso do mall e terá a participação de um tenista da ATP,o brasileiro Thomaz Bellucci e uma jogadora da WTA, Teliana Pereira, além do Diretor do Torneio, Luiz Fernando Carvalho, e de supervisores de ambas as entidades. O público que estiver no shopping poderá sortear alguns nomes dachave e quem sabe decidir o adversário, por exemplo, de Rafael Nadal, DavidFerrer, Fabio Fognini, Tommy Robredo, Nicolas Almagro, Francesca Schiavone,Teliana Pereira, Thomaz Bellucci, entre todos os outros atletas que participarão da competição de simples. O sorteio da chave de duplas será realizado no Jockey Club Brasileiro, no domingo.

O Rio Open é apresentado pela Claro hdtv, além do patrocínio máster da Claro hdtv, conta com o patrocínio de Itaú, Rolex, Peugeot, Correios, Raízen, Light, TAM, TAM Viagens, Xerox, Corona, Furnas, Asics, Amil, Head, Universidade Estácio de Sá e Glanbia. Conta com o apoio do Sheraton Rio Hotel & Resort – hotel oficial, Lenovo, IMG Academy, Shopping Leblon, Perrier – água oficial, Antônio Bernardo, Artefacto, Trousseau, Rio Sol, Faberg e Jockey Club Brasileiro. Otorneio terá transmissão em HD de até seis jogos diários pelos canais SporTV e a ATP Media distribuirá o sinal dos jogos diariamente para mais de 50 países. A Prefeitura do Rio de Janeiro através da Secretaria de Turismo dará todo o apoio ao torneio. O Rio Open é Incentivado pela Lei Estadual de ICMS do Governo do Rio de Janeiro por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer e chancelado pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Women´s Tennis Association (WTA), Confederação Brasileira de Tênis e Federação Carioca de Tênis. Promoção IMX.